FUTSAL - PADRÃO DE JOGO OU RODÍZIO
   São movimentações, deslocamentos, troca de posições de forma planejada, organizada e padronizada, que tem como objetivo confundir a marcação adversária, provocando erros em seu posicionamento, para infiltração da bola na defesa contrária e, em conseqüência, o chute a gol.
É uma movimentação repetitiva que a equipe executa dentro de cada sistema quando de posse da bola
Objetivos:

1. Procurar um melhor posicionamento dos jogadores da equipe para executar uma manobra ensaiada.
2. Abrir espaços na quadra de jogo para uma possível infiltração com ou sem bola.
3. Através da movimentação, sair de uma marcação pressão.

PADRÕES BÁSICOS/RODÍZIOS:

‚ Padrão de três (3) – diagonal (frente) e pela alas (trás)
‚ Padrão com troca de ala com pivô
‚ Padrão de quatro (4)
‚ Padrão circular ou redondo
‚ Padrão 1 x 2 x 2 com o goleiro.
‚ Quatro em linha

Padrão de três (3): consiste em uma movimentação entre os três jogadores mais próximos do campo defensivo (alas e fixo), na procura-se maior facilidade de execução de um passe ao pivô, saídas de bola na paralela, infiltrações ou mesmo valorizar a posse de bola. Muito utilizado para “empurrar” o adversário para o meio da quadra quando este estiver marcando pressão. As manobras ofensivas passam a ser executadas dentro de uma movimentação constante a partir do sistema 3 x 1. Podem ser de duas formas.

1. Rodízio (padrão) de 3 por trás (ou pela ala)
2. Rodízio (padrão) de 3 pela frente (diagonal)
3. Padrão de troca de ala com pivô (cruzada)
Padrão de quatro (4): “Utilizado para fazer infiltrações na defesa adversária em espaços pré-determinados na quadra de jogo. A movimentação ordenada entre os quatro componentes da equipe é a característica do padrão, requerendo alto grau de concentração e sincronização nos movimentos”. O padrão de 4 pode ser realizado a partir do sistema 2 x 2 e do sistema 3 x 1.
4. Rodízio (padrão) de 4 pelo meio (saindo do sistema 2 x 2)
5. Rodízio (padrão) de 4 (saindo do sistema 3 x 1)
6. Padrão Circular ou Redondo
7. Padrão 1 x 2 x 2 com o Goleiro (padrão com o Goleiro)
   Devido a mudanças nas regras onde possibilita a ação do goleiro como um jogador de linha, criaram-se várias situações no Futsal com a entrada de mais um jogador nos sistemas ofensivos, ou seja, foi estabelecido a superioridade numérica do ataque contra a defesa (5 x 4), fazendo com que os sistemas defensivos também se adequassem a essa nova situação.
   Nesse padrão o goleiro fica de base, próximo ao círculo central. Dois jogadores se posicionam abertos em cada lateral, passando linha central da quadra, e os outros dois se posicionam na frente da área de meta adversária. O jogador colocado a lateral da quadra (FX) toca a bola para o goleiro e se desloca em diagonal trocando de posição com o outro jogador (AE) do mesmo lado, que recua e ocupa o espaço livre. O mesmo acontece na lateral oposta entre os outros dois jogadores (AD e PV).

   Essa movimentação acontece constantemente até que se desenvolva alguma manobra (jogada) ofensiva tentando a finalização a gol.
   Tecnicamente, então, o goleiro atualmente, necessita de constantes treinamentos de passe, recepção, chute (pois ele é também um elemento surpresa que poderá finalizar, devido à superioridade numérica), drible e etc. Ou seja além dos treinamentos da técnica individual de goleiro, esse atleta deverá também executar com perfeição os fundamentos da técnica individual de linha, pois, qualquer erro ocasionará um contra ataque da equipe adversária.
  Em alguns casos ocorre também a substituição do goleiro titular para colocar um jogador de linha com características ofensivas (chamado de goleiro-linha) e que também domine a técnica básica do goleiro, para tornar a equipe mais ofensiva em caso de necessitar de um resultado positivo.

8. 4 em linha
   Partindo do sistema 4 x 0, o padrão se caracteriza pelo posicionamento de 4 jogadores na armação da jogada e consiste numa combinação de movimentos ofensivos, partindo um atleta na paralela e outro na diagonal, tentando um passe pelos alas que estão mais abertos. Não recebendo a bola, esses jogadores retornam mais pela lateral e os outros se posicionam mais pelo centro, retornando a movimentação.